top of page

RÉSUMÉ

Carlos Alberto de Bragança Pereira

Nascido em 01/07/1946 seu primeiro trabalho foi como técnico de Controle de Qualidade da General Eletric de Maria das Graças, Rio de Janeiro de 1964 a 1966  quando se transferiu, como auxiliar de ensino de estatística, para a Fundação Escola de Saúde Pública, FENSP, do Instituto Oswaldo Cruz, Manguinhos, Rio de Janeiro. Graduou-se em Estatística em 1968 pela ENCE - Escola Nacional de Ciências Estatísticas e como auxiliar de ensino foi contratado pela USP - Universidade de São Paulo - em 19/05/1969. Obteve o mestrado em Estatística pela USP em 1971, quando passou a ser professor assistente do IME/USP - Instituto de Matemática e Estatística da USP. Obteve o MSc pela FSU - Florida State University - em 1978 e o PhD em Estatística pela FSU em 1980. Tem o título de Livre Docente pelo IME, obtido em 1984 e foi aprovado em concurso de adjunto em 1988. Presidente da Associação Brasileira de Estatística - ABE, de 1988 a 1990. É membro do conselho científico da Associação Brasileira de Jurimetria (ABJ). Foi professor titular da USP em 1990, até sua aposentadoria em 2016 e desde então é professor Sênior da USP. Foi Visiting Research Engineer na Universidade da Califórnia - UC Berkeley de 05/01/1986 a 31/12/1987 e Professor Visitante da UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - de 01/06/2018 a 31/05/2020. Tem experiência nas áreas de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Fundamentos da Estatística, atuando principalmente em aplicações médicas, biológicas e financeiras. Seus temas preferidos são Predição Bayesiana, Testes de Hipótese e Bioinformática. Foi chefe do departamento de Estatística do IME/USP por três vezes e no último período até agosto de 2013 e é pesquisador principal de projetos temáticos da FAPESP. Foi diretor do IME-USP de 1994 a 1998. Participou de inúmeras bancas de concurso da carreira docente e de defesas de mestrado, doutorado e Livre Docência. Esses concursos e bancas, tanto na USP como em outras universidades brasileiras ou internacionais, como em Portugal, Chile e EUA. Orientou cerca de 29 mestrados e 30 doutorados. Foi observador da OEA em diversas eleições da América Latina (Nicarágua, El Salvador, Haiti e Paraguai).  Atua como consultor ad hoc do CNPq, CAPES e FAPESP. Embora com mais de 8.000 citações, o Índice Google de Produtividade H é mais que 53! Tem bolsa de produtividade científica do CNPq desde 1981. O número de trabalhos com mais de 9 citações é 150. Foi editor de livros de congresso, tradutor de um livro de David Blackwell, editor associado e de edições especiais da revista Entropy. 

Confira em Google Scholar.

Links

CNPq_v2017_rgb.png
640px-Google_Scholar_logo.png
Captura de Tela 2022-08-30 às 19.03.09.png
bottom of page